Pesquisar este blog

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

o amor

o amor quando chega
deixa tudo de pernas pro ar
avessa a vida da gente
invade o peito
não pede licença


o amor quando se vai
não mede a dor
não se justifica
deixa um turbilhão
e nossa casa  vazia

2 comentários:

  1. Adorei!!!
    É verdade, o amor nos preenche e nos falta
    com a mesma intensidade!!
    É nosso alimento da alma!
    beijos!

    ResponderExcluir
  2. E mesmo assim como é bom amar!
    Muito bom!

    ResponderExcluir