Pesquisar este blog

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

troca



difícil é trocar palavras
quando os olhares se abraçam

profissão





em nada me encaixo
sou apenas
um pequeno poeta comovido

Menino



menino eu fui
de olhos breados de terra
menino de passarinhos encantados
de contar estrelas
de juntar palavras
até se perder no sono molhado

menino de calças curtas
de estilingue
peão na mão
na roda do mundo

menino da bola pé
...dos olhos chorosos da noite de são joão

menino
que nos respingos da dor
aprendeu brincar de alegria
a cada dia