Pesquisar este blog

sábado, 31 de agosto de 2013

o trem que me levou

o trem que me levou
'a maceió
encheu meus olhos de espanto

o barulho do vagão
o apito soando
pelo mundo

os homens
falavam de política
do preço do açúcar

e eu era todo
olhar as paisagens

lourenço de albuquerque
rio largo
fernão velho
bebedouro

o rio mundáu
a lagoa mundaú
o mar! o mar!

meu deus!
maceió
era um formigueiro
de gente!

a primeira maçã
que comi
tão maravilhado
puro alumbramento
aos olhos do meu pai

aquele trem
que me levou 'a maceió
já não existe
perdeu-se
nas engrenagens do tempo


cícero gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário