Pesquisar este blog

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

cartas

  certo tempo
ganhei a vida
escrevendo cartas
de amor
para os vizinhos


 cartas repletas
de versos de castro alves
e casimiro

depois veio maiakovski


seus versos hiperbólicos
pareciam mentira
para as moçoilas
da minha vila

... lá se foi o meu emprego

depois
comecei a desembaraçar
 palavras
umas rimas mel com céu

...mas os clientes
já tinham ido.


nunca mais parei...


Nenhum comentário:

Postar um comentário