Pesquisar este blog

sexta-feira, 15 de junho de 2012

o que vale

o que vale como canção
sãos teus olhos de encanto
tua voz é um acalanto
sussega meu coração

o que vale como canção
são  teus olhos dois poemas
a engalobar a lua
na noite do meu sertão

o que vale desta vida
nesta estrada tão comprida
é amar e querer bem

o que vale como canção
quando a dor aninha o peito
a lágrima corre de um jeito
que não dá pra segurar

é a certeza do abraço
dos teus braços nos meus braços
e assim nesse compasso
da vida nos embalar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário