Pesquisar este blog

sábado, 1 de março de 2014

meu engenho

meu engenho bangüê

ja fui senhor de engenho
construtor de rapaduras

o doce cheiro do mel
perfumava minha infância

engenho do meu quintal
na sombra da goiabeira
foi construção do meu pai

...um tempo que ja passou
no reino não volta mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário