Pesquisar este blog

quinta-feira, 18 de abril de 2013

soledad

agora posso te nomear
com os nomes de todas as noites
em que desejei morrer
de amor

posso te nomear
com a mesma tessitura
de alumbramento
que meus olhos viram
o pôr do sol do araguaia

nomear ou renomear
os nomes dos rios
da minha infância
__assim como nomeio teu canto
o predileto da minha alma


ah! soledad!
cantas todos os tangos
da minha desesperada existência
na carretera de todos os
sonhos desfeitos

quem sabe,Deus meu,quem sabe
se um dia,lejano ainda,
nos encontremos para um trago
num bar ou esquina
e apenas os ponteiros parados por testemunha




       em direção de
       soledad villamil





maiakosta




Um comentário:

  1. o poeta maiakosta fez um belo poema para Soledad Villamil.
    Bela é Soledad, atriz e cantora argentina.
    Belo é o poema de Maiakosta em homenagem a Villamil

    ResponderExcluir