Pesquisar este blog

domingo, 24 de outubro de 2010

agora escrevo teu nome

na memória
sei decor todos os gestos
e tua mania de reunir nuvens e rios
na palma da tua mão

tua voz era suave pássaro da noite
e largos
teu sorriso de encantar

__agora retardo
todas as primaveras
e com as estrelas
escrevo teu nome

wã purã
alguem em paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário