Pesquisar este blog

sábado, 7 de janeiro de 2012

As mãos algemadas de @mariafiuni

choram as madres serenas
madres livres da Venezuela,ainda,
pelas mãos algemadas de @mariafiuni

chora a justiça cega medrosa
calada no medo da noite
pelas mãos tiranas do tirano Chavez

chora em silêncio
as moças belas
as belas moças
da bela Venezuela
pelas mãos algemadas
de @mariafiuni

__cuida do teu nariz,poeta!
adverte-me um amigo.

cuido sim,mas meu poema é livre
e cavalga no dorso da liberdade
q grita aos ventos
para que seja também livre
as mãos a vida da juiza @mariafiuni

Maria Afiuni

condenada pelo tirano
e proíbida de ver o sol
de caminhar libre entre seu

Pueblo


as dores de @mariafiuni
e todos presos políticos
da (democrática venezuela)
ganharam os oceanos
atravessaram todos os mares
e grita alto profundo
nos ouvidos do tirano.

esse meu canto vai da minha pequena Alagoas
tierra del menestrel Teotônio
e galga as brisas do Caribe
clamando aos homens livres
que lutem! Lutem para libertar
das algemas da opressão
aquela jurou e sempre defendeu a lei,
a juiza @mariafiuni
presa
por não querer calar
e ser capacho
                  de Chavez




Judas Pitágoras

Nenhum comentário:

Postar um comentário