Pesquisar este blog

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Cristo no Madeiro

Cheguei perto de Cristo no Madeiro
e perguntei:__O que estais fazendo ai
Uma voz respondeu dum nevoeiro:
Até hoje não sei nem entendi,
Me trouxeram arrastado pelas ruas
me pregaram nesta madeira crua
e hoje vago entre nebulosas
Sou aquele menino da cocheira
que hoje vive pregado na madeira
pelas mãos imbecis pecaminosas.

Nestas mãos cravejadas a martelo
e neste corpo pedente sobre a cruz
observam-se as marcas do fragelo
que sofri por ter nome de Jesus
Vim ao mundo para remir pecado
e por amor acabei crucificado
ladeado por dois salteadores
'a direita, um pedia pra salva-se
e 'a esquerda, um pedia pra livrar-se,
e são assim até hoje os pecadores



(salve o meste chico pedrosa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário