Pesquisar este blog

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

colheita

um pingo de lua esquiva
um brilho de esparsas estrelas
por entre as frestas da porta
no silencio adrede das formas

Nenhum comentário:

Postar um comentário